Armázem da Morena » Diversificados » Como evitar distensão muscular

Como evitar distensão muscular

As distensões musculares são divididas em três classificações, sendo elas, comum, grave e gravíssima. Assim sendo possível identificar cada uma delas. As distensões musculares são ocasionadas, por falta de alongamento físico, condicionamento e por não respeitar os limites corporais, assim esticando o músculo em determinada situação e ocorrendo a ruptura das fibras, então causando fortes dores.

As lesões musculares podem ser evitadas através de maneiras preventivas, tais como o alongamento corporal, que deve ser realizado antes e após as atividades físicas. Pois o mesmo é fundamental para evitar esse tipo de problema nos músculos, há outros fatores que também podem ser levados em consideração, sendo eles, manter o corpo bem hidratado, ter um bom condicionamento físico, manter uma pratica adequada de exercícios e sempre respeitar os limites corporais.

Alongamentos podem prevenis lesões

 Outra dica importante é ter uma alimentação balanceada e saudável, e consequentemente habituar-se com um consumo maior de alimentos que contenham colágeno ( peixes e castanhas). Pois o colágeno é uma proteína que desempenha a função de manter a elasticidade e o desempenho dos músculos, sendo essencial pra pessoas que sofrem com lesões nos músculos.

A distensão muscular normalmente ocorre quando um músculo é esticado muito além do que a sua capacidade permite. Este tipo de lesão costuma ser ocasionado quando os músculos se contraem em decorrência de um alongamento superior a capacidade das fibras, fazendo com que elas se rompam. Ou seja, esse problema surge por causa de um movimento exagerado e intenso ( forte e rápido) em alguma atividade repetitiva. Essa lesão é muito comum e causada principalmente em praticantes de esportes e musculações.

São existentes vários tipos de distensão muscular, para que seja possível identificar a gravidade de cada lesão com mais facilidade. Normalmente essas distensões podem ser classificadas como, comum, grave e gravíssima.

  • A lesão comum é caracterizada como uma dor menos intensa por ser apenas uma pequena distensão em uma só fibra, porem ao decorrer dos dias essa dor pode se intensificar cada vez mais.
  • A lesão grave é constituída por um rompimento maior nas fibras, a dor é mais intensa sendo normalmente sentida no ato em que ela se rompe, causando uma sensação de “ fisgadas”.
  • Já a lesão gravíssima, é uma ruptura completa do músculo, a dor ocasionada é muito intensa e causa hematomas visíveis na pele, essa lesão é muito rara e grave, e seu tratamento constitui somente em cirurgia, e com uma recuperação a longo prazo.

Textos relacionados:

Combinação de signos na amizade
Frase para o namorado que te ignora no msn
Geladeira com freezer embaixo

Quer comentar ?