Armázem da Morena » Gravidez » Sintomas da bolsa estourando

Sintomas da bolsa estourando

Existe muita apreensão nos momentos que antecedem a hora do parto, principalmente quando se rompe a bolsa. Veja no artigo, como são os primeiros sintomas desse evento no final da gestação.

A primeira gravidez sempre é repleta de dúvidas e um certo medo da chegada da melhor hora, ou seja, a hora do parto. A insegurança em saber quando realmente é o momento de ver o bebê chegando ao mundo, faz com que muitas mulheres fiquem muito apreensivas nos últimos meses de gestação. O corpo porém, começa a dar sinais de que está preparado para aflorar uma nova vida.

Algumas semanas antes do dia previsto para o nascimento do bebê, já é possível apontar os indícios para a chegada do parto. Surgem várias contrações consideradas falsas, denominadas simples de forem irregulares e não apresentarem nenhuma dor. A espera pelo rompimento da bolsa, aponta o momento importante de ir para o médico. Pois a partir desse momento irão começar as contrações verdadeiras ligadas a hora de dar a luz.

Fim da gestação.

O rompimento da bolsa indica que a dilatação do útero já foi iniciada.

As dores antecedem o rompimento, uma vez que o útero começa a se contrair repetidamente, como forma de afinar e ao mesmo tempo dilatar o colo uterino a fim de facilitar a passagem do bebê. A gestante começa sentir uma sensação de compressão no baixo ventre e um enrijecimento do abdome, isso porque o bebê já está se posicionando para sua saída. Dores lombares também são percebidas nessa fase da gravidez.

A barriga começa a ficar cada vez mais baixa, facilitando o fôlego, antes comprometido por causa da compressão nos pulmões. Mas oi bebê agora passa a pressionar a bexiga, aumentando a vontade de urinar. O tampão mucoso que bloqueia o colo do útero é expelido pelo canal vaginal, e se assemelha a uma geleia rosada. Então o saco amniótico se rompe, e vaza um líquido seja como em pingos ou jatos.

O trabalho de parto pode se iniciado até 72 horas depois, e ainda poderá ser induzido. Lembrando que em alguns casos, muitas gestantes não tem o saco amniótico rompido até que de fato, chegue o momento do parto, esse fato acontece com maior frequência em mulheres que já foram mães. Dependendo de todas as fases de dilatação, o trabalho de parto dura em média aproximadamente 12 horas.

Textos relacionados:

GRAVIDEZ E MENSTRUAÇÃO É POSSÍVEL
Teste caseiro de gravidez
É possível ficar grávida logo após a menstruação

Quer comentar ?